quarta-feira, 15 de outubro de 2014

VOLTEI!!!! Meu novo blog!!!!!

Olá, pessoas!! Caso alguém ainda siga ou leia esse blog (será? Hahahaha, eu tenho esperanças...), quero comunicar a todos que, depois de algum tempo sem blogar (o Flores de Vanilla, o qual menciono no post abaixo, não vingou), voltei para essa vida "otaca" e blogger, e desta vez pretendo que seja para ficar! Bom, chega de enrolar, meu novo blog é:


Espero todos vocês lá, ok?

Beijos e abraços!!!

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Mudança de endereço!

Olá, pessoal! Eu disse que não seria definitivo, né? Então... Fiz um novo blog, porém o perfil dele será um pouco mais pessoal que este. Quem quiser, pode segui-lo!


http://floresdevanilla.blogspot.com



Não apagarei esse daqui, pois contém boas lembranças. Ao encerrar esse blog, fico contente de constatar que o Amai Dream registrou muitos dias lindos e felizes. Porém, não postarei mais aqui... Tudo agora será no Flores de Vanilla. Espero de coração que todos gostem dele! =D

Mil beijinhos e nos vemos lá!!

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Até logo!

Sim, "até logo", porque "adeus" daria a dramática impressão de ser para sempre, e nunca se sabe se de repente eu posso voltar para esse mundo nipônico e fofinho, né? Esse blog vai passar pelo que eu chamo de "hiatus sem tempo definido". Logo, a expressão mais adequada é "até logo" mesmo.
Aí vocês se perguntam "Mas por quê?". Acontece que minha vida está mudando e vai mudar cada vez mais daqui para a frente, fazendo com que eu não tenha mais tanto tempo para blogar constantemente. Também vou dar um tempo em lolita, gyaru e cia. Por causa da falta de tempo e também porque o meu próprio perfil psicológico está se metamorfoseando. Nada na vida da gente é eterno, e eu acho que o fim desse ciclo acabou, pelo menos por um momento. Se bem que nada impede que daqui a uns tempos eu reapareça lolitando com carga total por aí, o futuro é uma incógnita!!!! rs
Quero agradecer a todos: amigos, visitantes, seguidores, leitores, anônimos ou não. E lembrando, é claro, que as amizades continuam!!!!

Beijos a todos!

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Giselle - Encantada

Antes de falar sobre a Giselle em si, quero começar com uma importante consideração a respeito do meu sentimento pelo filme. Encantada foi realmente especial pra mim, pois marcou um momento da minha vida o qual eu sempre lembrarei com muito carinho. É difícil traduzir em palavras o que o filme Encantada significa para mim. Quando eu o assisti pela primeira vez, foi em uma época linda e feliz da minha vida. E é engraçado, mas houve uma cena em que eu... como posso dizer? Em uma certa cena, eu simplesmente senti a mesma coisa que a Giselle sentiu. Aquele foi um momento de sincronia perfeita com os sentimentos da personagem, nunca havia passado por isso antes! Eu não só senti, como pensei a mesma coisa que a Giselle, naquela hora, junto com ela. E ninguém poderá tirar a magia daquele momento ou da época que o filme embalou. É isso aí... Encantada tem um lugar especial no meu coração, na minha memória e na história da minha vida.
Agora, sobre sua protagonista, que muito me inspira! A Giselle é uma personagem linda por fora e por dentro, que mesmo tendo tido um desfecho diferente do esperado, é sim uma princesa. Fiquei até meio decepcionada por ela não ter sido incluída no rol das princesas (digo, da franquia), pois ela merecia. Giselle, apesar de camponesa de nascimento, tem coração, alma e inclusive trejeitos de princesa! Fora os vestidos dela, que são lindos demais!!!! Queria especialmente o verde-água estampado pra mim! E o do baile também! Seu jeitinho meigo e inocente cativa facilmente a todos. Afinal, é tão difícil encontrar alguém de coração bom e intenções sinceras na agitação da cidade grande, não é mesmo? Giselle acredita firmemente que as pessoas vivem felizes para sempre, para ela, isso é mais do que natural. E através dessa maneira de ser, ela ilumina qualquer lugar por onde passe, fazendo brotar sorrisos em todos, até mesmo no descrente e "pé no chão" Robert! Repare no primeiro vídeo, lá embaixo, que até ele se deixa influenciar pela dancinha!! rsrs
〃ああ、この まま いつまでも。。。〃
A lição que Encantada nos passa é de esperança, e de que o conto de fadas pode ser aqui e agora, na nossa realidade (siiiiim, na loucura da cidade grande mesmo!!!) - e com final feliz! Não precisa ser em nenhuma terra mágica ou fantasiosa como Andalasia (claro que fantasiar é bom, mas...).


Espero que tenham gostado! Um ótimo final de semana para todos! =)
Beijos sabor chocolate!

domingo, 24 de julho de 2011

Julho, o mês dos eventos!

Eventos de anime são sempre divertidíssimos, não é mesmo? Pena que os organizadores resolvam marcar todos uns em cima dos outros nesse meio do ano! Se fossem um pouco mais "espalhados", acho que as pessoas aproveitariam melhor! Mas tudo bem, a gente acaba organizando melhor a própria agenda, de modo a poder aproveitar um pouco de cada! =D Nos dias de Anime Friends e Festival do Japão, o clima estava mais agradável (ou seja, quente), o que me possibilitou estrear meu primeiro item de brand: o The World's Most Adorable Dog and the Most Delicious Strawberry Frappe, da Baby (é o cor de rosa que vocês verão lá embaixo)! Sim, tinha que ser um nome beeeem diferente pra ser meu, né? XD Vamos primeiro ao AF!
Bolsa da Le café que decorei com um chaveirinho comprado na Liba já faz algum tempo!
Meu outfit para o AF! Batizei-o de Mint Ice Cream! A maior parte das peças são da nossa boa e velha Body Line!
Eu com a Kaozita - docinhos ambulantes!
Nós e a Caramel
Com a kawaii da Mari - é isso aí, um grande VIVA para as gyarus brasileiras! =D
Muitos tons pasteis, como vocês podem ver!
Com a Ju Pokémon!

E agora, o que usei no Festival do Japão: The World's Most Adorable Dog and the Most Delicious Strawberry Frappe! Photobucket Adoro falar tudo isso, que consegue ser maior que o meu próprio nome completo (quem conhece, sabe que é grandão) XD
Minha querida Nereida e e eu
Com a fofa da Sophi
Estávamos tentando assistir à final do WCS e ao desfile de moda japonesa que iria acontecer depois. Desistimos, pois começou a bater um vento gelado ali e não estávamos suficientemente agasalhadas! Sobre a foto: Cansadinhas, porém fofinhas!
Akemi, a organizadora do Lolita Petit Salon (equivalente à sala lolita, só que para o Festival do Japão)

E esse fim de semana teve mais coisa! Foi o Tanabata Matsuri, evento muito tradicional do bairro da Liberdade, onde as pessoas escrevem seus pedidos e os penduram em árvores disponíveis por ali, até que no último dia do evento (que é hoje), todos os pedidos são queimados em uma grande fogueira. Dessa forma, eles chegam aos céus, de modo que as estrelas Orihime e Kengyu, 2 apaixonadinhos que estão felizes da vida por poderem se encontrar nessa época do ano, possam atendê-los.
Tiara: Off brand
Anel: Chocomint, by Le café
Blusa: Off brand
Casaco: Off brand
Saia: Himawari
Meia-calça: camelô da Liberdade (não recomendo, pois é curta, tive que esticá-la até dizer chega e mesmo assim, esmagou meus dedinhos como os sapatos das mulheres da China antiga! x.x)
Polainas: Off brand, compradas numa feira
Sapatos: Melissa
Bolsa: Le Café
Alguém muito empolgada em seu 1º Tanabata! XD
Grupo de taiko - o som desses tambores é tão empolgante!!




Após termos feito nossos desejos!


Beijos sabor morango com creme!


sábado, 9 de julho de 2011

Makoto Takahashi e mais coisas de princesa!

Olá olá!! Como vão? Ultimamente ando apaixonada pela arte desse ilustrador japonês, que principalmente quem for lolita deve conhecer, ou pelo menos já ter visto algum de seus desenhos: Makoto (ou Macoto) Takahashi.
Seu repertório de temas é variado: desde ilustrações de contos de fadas, passando por garotinhas tipicamente nipônicas, até moças um pouco mais modernas, mas ainda assim, muito fofas! O que mais gosto no traço de Makoto são esses olhos, típicos de shoujo mangá antigo, imensos e brilhantes! Amor, amor, amor!!!! 

Chapeuzinho Vermelho

Cinderella


Geisha... Uma maiko, talvez?


Olha que linda! Esta é meu atual papel de parede do celular!



Garota com animaizinhos fofos da floresta. Não é uma utopia isso? *-*



Menina mais contemporânea, mas não menos meiga que as outras!



Casal típico de contos de fadas


Princesa medieval e um lindo unicórnio


Menininha de traços orientais



Cisne Branca (Odette) e Cisne Negra (Odille), d'O Lago dos Cisnes


Garota do campo com flores




A Pequena Sereia



A Polegarzinha se casando com o Príncipe das Fadas


Ah, sim! Gostaria de compartilhar com vocês uma pequena conquista fofa e feliz que consegui há pouco tempo: completar meu álbum de figurinhas das Princesas Disney! Ê!!!! ^^ O álbum é do ano passado, e quando lançaram eu saía comprando pacotes em todo lugar que achasse (a doida das bancas XD), e as que faltaram, pedi por carta e a Abril me mandou! Puxa, e pensar que o último álbum que havia completado antes desse foi em 1999, um chamado "Cães e Gatos"! XD~

Capa do álbum



Na página da direita tem um mini-teste, segundo o qual minha personalidade se parece mais com a da Branca de Neve e da Aurora, que são doces, delicadas e amigas dos animaizinhos!

Arieeeeeel!!!!!
Bela

A página da esquerda é linda, todas as figurinhas tem fundo metálico! Pena que não dê para ver direito, por causa da sombra.
 

E já faz tempo que quero mostrar o presente que ganhei da minha grande amiga-irmã Lory, a Lady Lolo ou Sindaatarien, do blog Lindos Sonhos Dourados: uma doll da Ariel, vinda fresquinha da Disney Store de Londres!

Foto dela de corpo inteiro. Não fazia ideia de como é difícil tirar fotos de bonecas, que saiam pelo menos razoáveis. Se bem que a iluminação daqui é um pouco esquisita...
Close na Ariel. Eu tentei, mas as fotos não fazem justiça à verdadeira beleza da boneca! D: Queria conseguir captar com precisão seu rosto lindíssimo, mas tudo bem! Outra hora acho uma iluminação melhor para fotografá-la!


Beijos sabor amora!

sábado, 4 de junho de 2011

Depois de um longo inverno (na verdade, outono!)...

Geeeeeente!! Antes de tudo, peço desculpas por ter passado mais de um mês sem postar nada por aqui! Mas eu tenho uma justificativa perfeitamente compreensível, que é o período de provas na faculdade... Felizmente, ele está chegando ao fim, e com isso, virão muitos posts novos! =D
Bom, devo começar pela mudança do nome do blog: Amai Dream. Já fazia um tempo que eu tinha vontade de mudá-lo, pois o anterior nem me enchia tanto os olhos assim. Fiz uma pequena mistureba linguística nesse: Amai, do japonês, significa "doce", e "dream", em inglês, sonho (pode ser que alguém não saiba, ué). Esse nome reflete melhor minhas utopias em relação à vida... Afinal, ela não poderia ser como um sonho doce sempre? Creio que muitos de vocês pensam dessa forma também!

Agora, vamos às novidades! Nesse meio tempo, rolou um encontro J-Fashion muito feliz e purpurinado com a Kakao, Caramel, Pri, Kyra, Kitty, Sally e Kona (bem como seus respectivos maridos e maridas) no nosso querido Café Hello Kitty!

Olha, mãe! Sou gyaru, beijos! :*



Caramel e eu: só na troca de papeis!



Difícil era conseguir uma foto de todas paradas...


É, eu disse que ia parar com essa coisa de foto de comida em todo post... Mas era o brownie da Hello Kitty, tinha que abrir uma exceção! XD


Não percam, ainda no episódio de hoje: desvendando a bolsa secreta da dona Caramel!!!! :D


Ah, mas não pensem que eu abandonei lolita, não! Eu não estou traindo o movimento! rs Prova disso é a de que comparecei mui dignamente ao último meeting lolítico que aconteceu por aqui! Vamos às fotos:

Finalmente pude estrear meu JSK de poodles da Body Line, e ainda por cima, num coordinate com as minhas cores favoritas!


Algumas das meninas que foram (o meeting estava cheio, acho que nem tinha como tirar foto de todas!)



Nereida e eu



Yui comigo, na nossa pose clássica, hohoho! XD



Reika, Ariana, Kayna e Keka!


Aqui vão os memes, indicados pela Doce Madrepérola e Sally, que estou devendo há tempos também:
A proposta do primeiro é repassar para quantas pessoas quiser, e responder à pergunta: Quais memórias você gostaria de esquecer para sempre?

Gostaria de esquecer para sempre certas pessoas que conheci na faculdade, que me desestabilizaram emocionalmente em certa épocaa, e todas as histórias e circunstâncias relativas a elas. Gostaria mesmo de nunca tê-las conhecido.
Esse eu repasso para quem quiser fazer, não quero que ninguém se sinta compelido a cavar lembranças que não deseja.

O segundo meme é dos "7 Segredos Sobre Mim", eu repasso para minha amiga Lolo e para quem quiser fazê-lo também, já que não sei ao certo quem fez e quem não fez ainda.



7 Segredos sobre mim:


1- Por causa da profissão do meu pai, eu sempre vivi me mudando, para cá e para lá nesse Brasil, até que vim parar em São Paulo. Sempre gostei disso, dessa coisa de conhecer novos ares, novas pessoas e novos jeitos de ser! E de ver como pessoas do mesmo país, de estados até mesmo vizinhos, podem ser TÃO diferentes entre si! Eu gosto daqui, mas confesso que é da minha natureza "enjoar" quando estou morando há algum tempo em qualquer lugar que seja, por isso gostaria de dar uma mudadinha daqui, confesso (o clima daqui é muito frio, gente!!!! Só morei em terras quentes até então! D:). Mas agora não tem jeito... Pessoas de Sampa city, eu vou ficar aqui mesmo e vocês vão ter que me aturar! XD Ah, sim! Os lugares em que morei: Santos (nasci lá, mas não acho que tenha nada a ver com a cidade), São Vicente, Guarujá, Rio de Janeiro (onde peguei meu característico sotaque), Brasília, Palmas (do Tocantins, não do Paraná) e São Paulo. Se fosse depender de mim, eu não pararia em nenhum específico, só ficaria mudando e mudando... E só viria pra cá no verão, é claro! Eu já falei que odeio frio?
2- Numa das vezes em que morei em Brasília, estudei no Colégio Militar de lá, da 7ª série ao 3º ano. Foi dureza: cabelos sempre em coque ou rabo de cavalo, unhas, só se fossem bem clarinhas, usar quase o tempo inteiro a boina, uniformes (fardas) impecáveis, marchar sempre, prestar continência... Mas a pior cobrança era em relação ao ensino, muito, MUITO rígido! Foi traumático por um lado, mas por outro, me deu uma disciplina que, nos dias atuais, me ajuda bem! E eu também sou grata ao Colégio Militar, porque sei que ele forjou meu parte do meu caráter.
3- Por causa desse certo trauma do Colégio Militar, entrei na faculdade pensando que as coisas iam ser beeeem melhores, em todos os aspectos! Era uma completa iludida! De fato, na parte de estudo e cobranças, é mais fácil do que no Colégio Militar. Entretanto, no que diz respeito aos alunos, eu levei um completo choque com as condutas do pessoal... No Colégio Militar: não pode isso, não pode aquilo, logo, todo mundo se mantém na linha. Na faculdade: pessoas propagando a ideologia do "EEEEE, festa da libidinagem!!!! Ninguém é de ninguém e todo mundo é de todo mundooooo!!!! Churras da sala é pra todo mundo chifrar o(a) namorado(a)!!!!". Vocês não fazem ideia de como eu tenho nojo da gente da minha faculdade... Ninguém se respeita ali, são um bando de homens pilantras e de mulheres vadias se degradando cada vez mais. E o mais irônico é que eu faço Direito: curso que exige uma certa seriedade (como todos, na verdade), pois as pessoas precisarão de gente conhecedora da lei (e não de bares) para defendê-las, de gente correta para decidir seus destinos, de homens e mulheres com pulso firme para dar a criminosos o que eles merecem... Mas não é esse o tipo de gente que se forma ali, de jeito nenhum. O que você pode ver ali são: muitos futuros advogados ladrões, delegados corruptos, ou piriguetes que nunca vão passar disso mesmo... Em vários momentos perto deles, eu fico me sentindo um E.T., só faltando esperar pela Nave-Mãe me buscar... =P Enfim, o que eu quero dizer é que, ao longo dos anos, minhas ilusões lindinhas a respeito da faculdade foram se desfazendo, e as pessoas, me decepcionando. Porém, graças a isso, estou mais esperta, desconfiada em relação a esse povo e com isso, considero-me mais preparada para a selva do mundo real. Não que eu goste de viver de armadura, mas é preciso.
4- Frequentemente tenho a sensação de ser um peixe fora d'água, em grande parte dos lugares a que vou (o principal deles é a faculdade, como vocês perceberam aí em cima). Eu tive uma criação em que meus pais nunca "podaram" meus gostos, por mais esquisitos que parecessem. Eles sempre me deixaram aflorar a minha verdadeira personalidade, incentivando para que eu fosse alguém original e com um jeito próprio de ser. Entretanto, nem sempre o mundo vê isso como uma coisa boa. Cansei de ser olhada torto até mesmo dentro da família (leia-se: primas funkeiras e tia de mente fechada achando anormal você gostar do Japão e te dizendo que os meninos só vão te olhar se você for igual à Juliana Paes). Mas ainda assim, não abro mão de quem sou por nada nesse mundo! =D
5- Sinto tanto frio no outono/inverno que, ao sair do banho tenho uma estranha mania: esquentar meu corpo com o jato do secador, mesmo tendo me secado antes com a tolha. Sei que soa esquisito pra caramba lendo assim, mas se você é uma pessoa friorenta também, experimente essa técnica, que vai mudar a sua vida! XD
6- Quando criança, eu vivia me prometendo que mesmo quando crescesse, sempre iria continuar adorando filmes da Disney, coisas bonitinhas e felizes, e que nunca iria me tornar uma adulta chata e sem graça. Até hoje acho impressionante como meu juramento foi profético!
7- Já faz um tempo que venho atravessando um momento que eu chamo de "Era dos Mil Nicks". Durante muitos anos, meu nickname foi Kashiwagi (Carvalho em japonês, meu sobrenome), época em que fui muito feliz e me diverti muito nos eventos otakus de Brasília, fazendo cosplay e cantando nos animekês... Mas depois eu quis abandoná-lo por razões minhas mesmo. Era um nick muito original, gosto até hoje, mas não sei se devo voltar a ele. Nesses últimos tempos, já me autodenominei Sissi, Sílvia Kisaki, Kashi, Sil... Só não gosto de que me chamem de Sílvia. Não por não gostar do meu nome, muito pelo contrário, eu o adoro! Mas acho que quando alguém me chama de Sílvia, por ser um nome muito sério, tenho a impressão de que a pessoa está sendo distante, cerimoniosa ou até mesmo fria comigo D: Então, me chamem de qualquer um desses aí... Mas NÃO me chamem de Sílvia, por favor.

Beijos sabor doce de leite!